Agradecemos sua Visita!
Curta Nossa Página Oficial
Curta ou compartilhe esta publicação
Inscreva-se em nosso Canal

Meu Nome é Crispin no Cine-Theatro Central


No último dia 14 de abril, a cantora Alessandra Crispin lançou seu mais novo trabalho. Livre de rótulos e buscando sempre destacar sua identidade musical nos arranjos, Alessandra Crispin iniciou sua empreitada musical há mais de 10 anos. Agora, a cantora se prepara para o lançamento do seu primeiro CD, “Meu nome é Crispin”, que acontece dia 14 de abril, às 20h, no Cine-Theatro Central.

Durante os últimos dois anos, depois de sua participação no programa The Voice Brasil, Alessandra apresentou em Juiz de Fora e região, a turnê Samba Fino, marcada pelos grandes sucessos do samba e da MPB. Assim, conquistou o respeito do público e foi amadurecendo como cantora solo e representante de um estilo. "Os anos de 2013 e 2014 foram extremamente especiais para mim, aconteceram coisas muito boas e de uma maneira que eu não consigo nem explicar. Depois disso, pude me dedicar ao Samba Fino, quando conquistei o amadurecimento que precisava para me estabelecer e estruturar as bases desse novo projeto", comenta Crispin.

“Meu nome é Crispin” tem por objetivo representar a essência de Alessandra. O nome surgiu graças a uma homenagem realizada pelo músico e compositor Carlos Fernando Cunha, que escreveu uma faixa homônima, ressaltando a brasilidade e pluralidade da cantora. Características essas que transparecem em todo o álbum. "Me senti muito lisonjeada com essa homenagem. A letra da música fala sobre os vários ritmos brasileiros que me completam e a energia que procuro passar para meu público. Não tinha como dar outro nome para o CD que não fosse esse", afirma.

O repertório construído por Alessandra e o produtor musical do CD Alex Pereira conta com nove faixas inéditas. Trata-se de um álbum eclético, que passa do samba tradicional ao mais híbrido, misturado com soul, funk e MPB. As poucas músicas já conhecidas do público, durante a turnê Samba Fino, como Alto Astral, Identidade e Catarina, se apresentam com uma nova roupagem. Uma canção que promete surpreender é Raízes. "Quando começamos a montar o repertório, Raízes não estava na lista. Contudo, logo depois de ouvir a música, o Alex se apaixonou por ela. Tivemos um impasse, mas preferi ouvi-lo e inserir a faixa no CD. Sem dúvida, foi minha melhor decisão. Fizemos novos arranjos e, hoje, essa canção se tornou uma das mais lindas dessa produção", comenta. Alessandra também destaca as músicas Menina Bicho, que apresenta uma pegada clássica de MPB, e Ziriguidum, composta em parceria com o músico Roger Resende.

Acompanham a cantora nessa nova empreitada os músicos Alan Crispin (bateria), Tiago Lazarini (contrabaixo e direção), João Paulo Lanini (violão), Tiago Guimarães (teclado) e Rick Vargas (percussão). Para o show de lançamento também estão confirmadas as participações de Alex Pereira (guitarra e cavaquinho), Buchi (percussão), Vinícius Reis (Trompetista) e Caetano Brasil (sopro).

A produção do CD foi realizada com o apoio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura Murilo Mendes. "Gravar ‘Meu nome é Crispin’ foi a realização de um sonho e sou extremamente grata pelos Incentivos que recebi. Mesmo depois de participar de um programa nacional, continuei sendo uma artista independente e, assim como todos nessa posição, tive que correr muito atrás, todos os dias. Esses incentivos nos ajudam a realizar projetos maiores pelos quais não temos verba suficiente para arcar sozinhos. Meu desejo é que essas leis continuem apoiando os nossos talentosos artistas a realizarem seus sonhos, por mais muitos e muitos anos", comenta Alessandra. Já a locação do Cine-Theatro Central contou com o apoio do edital Luz da Terra, que tem por objetivo promover a ocupação do espaço por artistas locais. O projeto é uma homenagem ao ator, diretor, produtor, jornalista e professor, Robson Terra, que, com o propósito de educar, divertir e instruir o público por meio da arte,firmou-se como um dos maiores entusiastas do teatro na cidade.

Fonte: Assessoria

Fotos: Rômulo Rosa e Rodrigo Ferreira

Conheça melhor o trabalho de Alessandra Crispin: www.alessandracrispin.com.br

#AlessandraCrispin #MeuNomeéCrispin #JUIZDEFORA #Samba #CineTheatroCentral

Hiram Lima da Motta (Professor)

Juiz de Fora, Minas Gerais

A arte é o oxigênio da alma. A frase pode parecer um clichê, mas é exatamente assim que percebo a manifestação artística. Todos nós, temos algum talento, um dispositivo para oxigenar a nossa alma. Alguns apresentam um expresivo dom... Outros resguardam se... Existem talentos ocultos em toda parte... E nesse horizonte, eu descubro um veículo fundamental... A estrutura ideológica e organizacional da ABAQUAR CULT.. Abrindo seu leque revelador, incentivador e consagrador da cultura de seu povo... As várias vertentes artísticas de Santos Dumont... Tem essa plataforma fundamental de aperfeiçoamento, desenvolvimento e consagração dos talentos samdumonenses... A ABAQUAR CULT evoluindo a cada ano... Revelando... Incentivando... Promovendo talentos de todas as expressões.

1 / 1

Please reload