Agradecemos sua Visita!
Curta Nossa Página Oficial
Curta ou compartilhe esta publicação
Inscreva-se em nosso Canal

Alberto Santos Dumont – "eu naveguei pelo ar"


Alberto Santos Dumont

"Eu me detinha horas a contemplar o belo céu brasileiro e admirar a facilidade com que as aves, com suas longas asas abertas, atingiam as grandes alturas. Assim meditando sobre a exploração do grande oceano celeste, por minha vez eu criava aeronaves e inventava máquinas. Tais devaneios eu os guardava comigo."

SANTOS DUMONT - UM PIONEIRO DA AVIAÇÃO MODERNA

Desde pequeno, Alberto Santos Dumont foi fascinado pelo sonho imemorial de libertar o homem do solo e fazê-lo voar como os pássaros. Rico, dedicou-se ao estudo e ao trabalho, árduo e denotado, para dominar com perfeição o vôo de balões. Tornou-se pioneiro na solução do difícil problema da dirigibilidade no ar.



Com perseverança e espírito científico, desenvolveu a técnica de fazer voar um aparelho mais pesado que o ar, façanha documentada e divulgada amplamente pela imprensa. Inventou o avião em 1906. Tornou-se um herói internacional.


Santos Dumont recusou-se a patentear seus inventos, que considerava propriedade da humanidade. Distribuiu entre seus operários e os pobres de Paris os prêmios que recebeu por seus feitos. Quando os amigos aconselhavam-no a patentear seus inventos, dizia:


“Prefiro terminar num asilo de pobres a cobrar o privilégio de copiar meus experimentos aéreos.”


Homem de visão e pacifista, vislumbrou todas as possibilidades do uso pacífico do avião, do transporte de mercadorias ao turismo. Depois do 14-bis pioneiro, desenvolveu um elegante avião de uso pessoal, transportável em automóvel, precursor dos atuais ultraleves.


“Estou convencido de que os obstáculos de tempo e distância serão removidos. As cidades exiladas na América do Sul entrarão em contato direto com o mundo de hoje. Os países distantes se encontrarão (...). Os Estados Unidos e os países sul-americanos se conhecerão tão bem como a Inglaterra e a França se conhecem (...). Anulados o tempo e a distância, as relações comerciais (...) se desenvolverão espontaneamente (...). Seremos mais fortes nos nossos laços de compreensão e amizade. Tudo isso, senhores, será realizado pelo aeroplano.”



#SantosDumont #AlbertoSantosDumont #Avião #Inventor #PaidaAviação